segunda-feira, 22 de abril de 2019

❤ Visita da Rainha do Congo ao Brasil ❤

Ovadia Saadia, Rainha Diambi Kabatusuila Mukalenga Mukaji de Nkashama et Uiara Zagolin


Visita da Rainha do Congo ao Brasil


O Brasil, no mês de março, teve o honra de receber a ilustre visita da rainha Diambi Kabatusuila Mukalenga Mukaji de Nkashama - Rainha da Ordem do Leopardo - da República Democrática do Congo na África Central.

O Congo - da etnia Bantu - foram os primeiros africanos a entrar no Brasil no período da colonização.

Tem importância relevante em nossa identidade cultural pois contribuíram na formação da nossa dança (samba), culinária, linguagem, religião e, também, das práticas medicinais.




Missão

A missão da rainha Diambi é valorizar os descendentes africanos, as tradições africanas, promovendo encontros interculturais.

"Estou aqui para me alegrar com meus irmãos e irmãs, para mostrar que todos os africanos são iguais. É importante apoiar nossa cultura ancestral, revivê-la e mostrar que temos que ensinar nossos filhos a acreditar em sua cultura, porque é no ancestral que podemos encontrar a solução para os problemas que a África está tendo hoje." afirma a Rainha.


Visita

Em sua visita ao Brasil passou pelas capitais de Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e, por fim, São Paulo.

Em São Paulo, foi homenageada pelo prefeito, Sr. Jorge Costa e pelos Vereadores do Município de Itapecerica da Serra, sede da organização que coordena a agenda da Rainha, o Nzo Tumbansi ILABANTU.

Mais tarde, assistiu a uma celebração festiva e tradicional de Candomblé e recebeu o título de Grande Benemérita da Cultura Tradicional Bantu Brasileira, através das mãos do Sr. Walmir Santos Taata Kwa Nkisi Katuvanjesi, Coordenador Geral da ILABANTU – Nzo Tumbansi

Por fim, no dia 13/mar, a Rainha, participou do Encontro de Povos Africanos (africanos na diáspora, lideranças tradicionais de matrizes africanas e de terreiros, capoeiristas, sambistas, quilombolas, indígenas) na Câmara Municipal de São Paulo – Sala Sergio Vieira de Melo.


Zaine Assaf




Neste encontro, a ACLASP Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo, através de sua Diretora, Dra. Zaine Assaf, concedeu à Rainha o título de EXCELÊNCIA DA CLASSE NEGRA pela sua defesa da classe, pelo seu orgulho em ser negra, pelo seu orgulho em ser africana, pela excelência da classe negra e pelo grande trabalho que vem realizando pelo mundo

E, a pedido da própria Rainha, a Organização ILABANTU – Nzo Tumbansi, entregou à Zaine Assaf, uma homenagem pelos seus valores como cidadã, profissional e pessoal dedicados à fraternidade humana.

A Rainha ficou visivelmente emocionada e agradeceu efusivamente a todo o apoio e carinho que o Brasil tem prestado, não somente ao Congo, mas a todo o continente Africano. 





Cidades Irmãs

Durante o evento, o vereador Toninho Vespoli apresentou seu Projeto de Lei 01-00/2019 que altera a Lei Municipal 14.471 de 10 de julho de 2017 acrescentando no seu artigo 3º, a Cidade de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, como CIDADE IRMÃ da Cidade de São Paulo.


Delegação da Rainha Diambi Mukalenga Mukaji de Nkashama: 

April Robbins-Bobyn, USA; Princesa Laurence, República Democrática do Congo; Prince Randy, Benin; Embaixador Chabala, Zambia; Alfa Kuabo, Angola; Terry Riggs, Nigeria; Anthonica, Jamaica; Andrew Lindo; Elaji Malik, Senegal, e o honorável Mamadou Diop Thioune, Senegal.


Apoio:

Mandato Popular do Vereador Paulistano Toninho Vespoli; Samba de Roda do Recôncavo baiano liderado por Nega Duda.



FÉLICITATIONS & SUCCÈS !!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário